Projetos e Construções de Rede de Energia Subterrânea

Serviços

Projetos Elétricos:

  • Execução de projetos elétricos para Loteamentos e Condomínios:  Rede Aérea, Rede Mista e Rede subterrânea
  • Iluminação Pública
  • Telefonia subterrânea

Construção de Rede Elétrica:

Revitalização da Iluminação em Condomínios:

  • Projetos
  • Execução

Construção Civil

  • Construção de Muros de Fechamentos para Loteamentos e Condomínios
  • Construção de Calçadas em concreto e Pisos Intertravados
  • Construção de praças com pérgolas em madeira
Estrutura Civil para Montagem de transformadores para rede subterrâneaEstrutura Civil para Montagem de transformadores para rede subterrânea.
Transformadores em Pedestal instalados sobre estrutura subterrâneaTransformadores em Pedestal instalados sobre estrutura subterrânea
Transformador em Pedestal instalado sobre estrutura subterrâneaTransformador em Pedestal instalado sobre estrutura subterrânea
Instalação de banco de dutos 2x3em PEAD de 100mmInstalação de banco de dutos 2x3em PEAD de 100mm
As montagens das estruturas civis são de extrema importância para um bom sistema de distribuição de energia subterrânea. A montagem deve obedecer plenamente o projeto sob pena de perder recursos previstos em caso de falhas elétricas. Além disso, todas as tubulações devem ser montadas de forma que não haja resistência à passagem dos condutores por esmagamentos, entupimentos e dimensionamentos inadequados do diâmetro dos dutos.

As redes de energia subterrâneas são os modelos mais corretos ecologicamente falando, por não haver interferência de fios com as copas das árvores. Permite um sistema de arborização planejada proporcionando uma visualização paisagística agradável. Toda tubulação com fios estão enterradas e a única restrição existente então é quanto ao tipo de árvores que serão plantadas próximas à tubulação. As espécies mais indicadas são as de menor porte e que possuem as raízes pivotantes.

Nos locais onde existem redes aéreas de energia o planejamento da arborização deve ser de forma que evite o plantio sob as redes e ou seja plantadas árvores cujo porte não atinja as fiações dos postes sob pena de posteriormente haver a mutilação das árvores para manter o sistema de distribuição de energia em funcionamento.

A Lopes & Silva possui uma equipe altamente qualificada para atendê-lo. Elaboramos o Projeto Elétrico para seu empreendimento com total qualidade, rapidez e segurança. Nossos engenheiros estão à disposição para esclarecimentos quanto a custos referentes a cada configuração de rede auxiliando na escolha por parte do cliente.
O custo da rede de distribuição de energia está diretamente ligado ao modelo adotado pelo Empreendedor e pode ser: Aérea Compacta, Mista Compacta ou Subterrânea.

Rede de Distribuição de Energia Aérea Compacta

São constituídas basicamente por condutores de alumínio, tensionados entre postes utilizando separadores e ou isoladores geometricamente instalados com o intuito de manter os condutores afastados entre si. Os postes são dispostos a uma distância média de trinta e cinco metros respeitando o limite de divisa dos lotes para disponibilizar o maior acesso possível aos mesmos por meio de veículos.

A iluminação é instalada nos postes por meio de braços metálicos com luminárias dispostas em ângulo que beneficie a iluminação das vias.

Os ramais de ligação dos consumidores são também aéreos tensionados do poste da rua até o poste padrão do consumidor utilizando cabos multiplexados de alumínio com diâmetro dimensionado com base na carga do cliente.
Este tipo de Rede de Energia é o mais utilizado em novos projetos pelo Brasil. Sua propagação se dá pelo baixo custo de instalação se comparado a outros modelos e por ter menor interferência externa como árvores tocando na rede, uma vez que os cabos da rede primária são protegidos por um material de baixa isolação e os condutores da rede secundária são isolados.

Rede de Distribuição de Energia Aérea Compacta

Rede de Distribuição de Energia Elétrica Mista Compacta

Rede de Distribuição de Energia Elétrica Mista Compacta
Este tipo de Rede de Energia tem as mesmas configurações da Rede Aérea e tem como principal modificação os ramais de ligação dos consumidores que são por meio subterrâneo. São instalados por meio de dutos metálicos fixados ao poste e que tem por objetivo fazer a instalação de condutores do alto do poste até as caixas de passagem que por meio de dutos enterrados interligam até o padrão de entrada de energia do consumidor.

Outro ponto importante, é que estes meio de ligação dos ramais ocupam quase toda a área disponível nos postes para instalação de dutos de descida, impossibilitando a instalação de descidas de telefonia. Para atender a telefonia neste caso, o mais comum é a construção da rede e dos ramais por meio subterrâneo utilizando caixas de concreto e dutos de polietileno de alta densidade instalados nas calçadas e interligando aos lotes.

Revitalização de Iluminação Pública em Condomínios

Análise de viabilidade, realização de projeto e execução: Substituição de postes e construção de tubulações com abertura de valas e por meio não destrutível.

Desafios:

• Adequação da rede ao novo projeto com a interligação dos dutos e caixas existentes, reduzindo ao máximo o impacto das obras no dia a dia dos moradores do condomínio.

• Utilização de método não destrutível para passagem de dutos.

Revitalização de Iluminação Pública em Condomínios

Rede de Distribuição de Energia Elétrica por meio Subterrâneo

Rede de Distribuição de Energia Elétrica por meio Subterrâneo 2
Rede de Distribuição de Energia Elétrica por meio Subterrâneo
São constituídas basicamente por caixas de concreto ou alvenaria estrategicamente instaladas para receberem equipamentos ou servirem como ponto de passagem de condutores de energia. As caixas são interligadas por dutos de polietileno de alta densidade em quantidade que permitam à instalação de todos os condutores projetados e em caso necessário a instalação de um novo circuito para atender a novas cargas. Os transformadores podem ser instalados em pedestal juntamente com os quadros de Distribuição de Energia (QDP) ou em câmaras transformadoras no subterrâneo. Para a operação, geralmente nos pontos de interligação, são instalados religadores aéreos dimensionados para atender toda a carga prevista. Em certos casos em que se exija alta demanda, há a necessidade de instalação de equipamento de manobra na rede subterrânea seccionando os setores e facilitando a operação. Estes equipamentos de manobra podem elevar o custo em cifras indesejadas principalmente se forem necessárias à instalação de telecomando e relés.

As conexões dos cabos em baixa tensão são realizadas por meio de barramentos múltiplos isolados que são instalados no interior das caixas de passagem CS2. As caixas, os circuitos elétricos e os dutos de ramais deverão possuir identificação para auxilio às manutenções e instalações futuras.

As conexões dos cabos de média tensão são realizadas no interior das caixas tipo CI utilizando equipamentos conhecidos como desconectáveis instalados nas pontas dos cabos em questão. Estas conexões são fixadas em suportes instalados nas paredes laterais das CIs dispostas de forma a manterem os cabos alinhados e separados por circuitos. Existem vários modelos de conexões para atender as mais variadas aplicações em emendas retas, derivações simples ou múltiplas conforme a necessidade do projeto. Os desconectáveis ainda podem ser de 200 ou 600 amperes conforme a necessidade do projeto e são utilizados também nas conexões dos transformadores e demais equipamentos de manobra.

As ligações dos consumidores são realizadas por dutos subterrâneos interligados das caixas de passagem até o ponto onde será instalado o padrão de entrada.

As instalações de telefonia e TV a cabo também devem ser executadas por meio subterrâneo utilizando os mesmos princípios construtivos da rede elétrica com caixas de passagem e dutos de polietileno de alta densidade.

O tempo médio de execução deste tipo de rede de energia é bem maior que o tempo de construção das redes aéreas convencionais e deve-se subdividi-la em duas etapas principais: A Parte Civil (Tubulação e caixas) e a parte de montagem elétrica.